IDENTIFICANDO OS PECADOS ESCRAVIZADORES

(Esta mensagem veio do site da Igreja Batista Esperanca, em Salvador, Bahia. Foi uma grande ajuda para mim, que estou repostagem aqui para que outros possam ler, igualmente.)

IDENTIFICANDO OS PECADOS ESCRAVIZADORES  – parte 01
Você será capaz de identificar e vencer os pecados escravizadores, agradando e glorificando ao Senhor, somente depois de experimentar o novo nascimento espiritual e começar a obedecer às Escrituras (Rm 6.6-7; 1Co 2.14; Tg 1.21-25; 2Pe 1.2-11).
I.         Características de um pecado escravizador
A. Você ainda o pratica, embora já tenha tentado abandoná-lo (desconsidera1Co 6.12)
B. Você o pratica e depois lança a culpa pelo seu fracasso sobre outros ou sobreas circunstâncias (desconsidera Mc 7.20-23; Rm 14.12).
C.  Você nega que aquilo que está fazendo é pecado (desconsidera 1Pe 1.16)
D.  Você convence a si mesmo que aquele pecado não tem poder sobre você,pois você não comete com a mesma freqüência (desconsidera Jo 14.15; 1Ts4.7; 2Tm 2.22)
A. Você continua a pecar mesmo que o prazer e a satisfação pessoal durempouco (desconsidera Rm 14.7-8; Tg 1.14-15).
B. Você prossegue em seu pecado, embora saiba que ele não é edificante
C. Você continua a praticá-lo, embora saiba que a Palavra de Deus diz que você deve parar de pecar, pois a provisão de Deus é suficiente para libertá-lo da escravidão (desconsidera 2Tm 3.16-17).
D.  Você o comete repetidamente mesmo sabendo que não está agradando ao Senhor e muito menos glorificando a Deus (desconsidera Cl 1.10).
II. O ponto de vista humano sobre os pecados escravizadores
A.  A filosofia do mundo ensina, com freqüência, que o “comportamento indesejável” (aquilo que a bíblia chama de pecado) é causado por uma“doença” ou “predisposição” com que você precisa aprender a conviver.
B.  Todavia, os planos para vencer esses problemas baseiam-se na sabedoria natural, sem levar em conta o poder de Deus e as diretrizes da Sua Palavra.Tais “soluções” exaltam o homem e não ensinam a agradar ao Senhor em todas as coisas.
III. Explicações erradas que o homem oferece para os pecados escravizadores A.        Certos indivíduos têm uma predisposição genética para determinadas“preferências”, de modo que não são responsáveis pelos atos resultantes (explicação para o homossexualismo)
B. Certos problemas controladores são “doenças” e precisam ser tratados como tal (explicação para medos, depressão, fobias, abuso de álcool)
C. Devido ao seu “tipo de personalidade”, cada pessoa tende a agir de determinado modo (explicação para acessos de ira, depressão, preocupação,oscilações de humor)
IV. Alguns resultados de você permanecer escravo do pecado
A. Deus não garante que ouvirá suas orações ou responderá aos seus pedidos(Sl 66.18; Pv 28.9; Is 59.1-2)
B. Você perderá a alegria da sua salvação (Sl 51.8-12)
C. Você ficará cada vez mais triste, e a sua vida se tornará mais difícil (Pv1.24-32; 13.15; 28.13-14)
D. Você se coloca sob a disciplina corretiva do Senhor (Hb 12.5-11)
DEUS DESTRUIU O PODER DE SATANÁS
Satanás tem grande poder maligno enquanto príncipe deste mundo. Jesus Cristo, pela Sua morte redentora e ressurreição vitoriosa, venceu o poder de Satanás. Esta vitória foi concedida a todos quantos estão em Cristo (crentes) e está a seu dispor (Rm 6.5-6; 2Co 4.4; Hb 2.14-15).
I. As características e o poder de Satanás
A. Pecador desde o princípio (1Jo 3.8)
B. Homicida e pai da mentira desde o princípio (Jo 8.44)
C. Impostor com aparência de anjo de luz (2Co 11.14)
D. Instigador da queda do homem (Gn 3.1-6)
A.   É o deus, o príncipe e o enganador deste mundo (2Co 4.4; Jo 12.31; Ap 12.9)
II. As limitações e o julgamento de Satanás
A.  Está sujeito ao poder do Senhor Jesus Cristo (Cl 2.9-10)
B. Pode fazer e possuir aquilo que Deus permite (Jó 1.7-12)
C. Foi amaldiçoado por Deus, julgado e será lançado no lago de fogo (Gn 3.14-15; Jo 16.7-1; Mt 25.41)
D.  Embora ele possa tentar um crente, o crente possui o poder inigualável de Cristo e pode, então, derrotar Satanás em cada tentação, sem pecar (1Jo 4.4; 1Co 10.13)

Advertisements
This entry was posted in Portugues. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s